Investir num carro clássico vale realmente a pena?
Mesmo que o frenesim pelos carros antigos tenha diminuído um pouco nos últimos meses, os "veteranos" continuam a ser um dos investimentos mais rentáveis, ultrapassando até mesmo o ouro. Realmente, os carros clássicos deram provas nas vendas dos leilões, com preços para os modelos mais bonitos que se multiplicaram por 5,7 em 10 anos. Com esta diminuição relativa nas taxas, hoje podemos ver que os maiores interessados são aqueles que têm uma paixão por carros antigos.

Um mercado perfeito para colecionadores

Desde que os preços altos se tornaram mais razoáveis, aqueles que adoram os “veteranos” estão nas nuvens. Embora a euforia e as especulações sem precedentes tenham diminuído um pouco, a paixão dos amantes de carros pelos “veteranos” permaneceu forte. Acima de tudo, os fãs compram pelo prazer, portanto são agora mais seletivos e já não querem gastar mais do que o valor real do carro. Obviamente que são comprados por paixão, mas os carros antigos ainda mantêm todo o seu potencial para um investimento rentável a médio prazo, sempre que o modelo em questão for daqueles que ainda mantenham um bom preço. Independentemente do gosto e preferência individuais, investir num carro clássico invulgar e lendário ou num que não tenha perdido o seu charme ao longo das décadas ainda pode ser sinal de um bom investimento, incluindo, por exemplo, os modelos como Aston Martin V8, Fiat 500, Mercedes SL, Volvo P1800 ou até mesmo o intemporal alemão VW Bug.


Comprar um carro clássico ainda é um bom investimento?


Sim, os preços diminuíram, mas o mercado ainda está a florescer para os modelos excecionais. E há boas razões para os investidores ainda não terem abandonado as salas de vendas e continuarem à procura da joia perfeita. Deve dizer-se que os modelos lendários e determinadas marcas não foram afetados pela diminuição no mercado. Como tal, o lendário modelo, Porsche 911, ainda desperta tanta paixão e interesse e continua a ser muito procurado. Da mesma forma, os carros clássicos das marcas como Mustang (o Ford Mustang de primeira geração, por exemplo), Maserati e até mesmo Ferrari continuam a ter uma boa cotação. Se além de comprar um carro de colecionador, o seu objetivo for obter um bom retorno sobre o seu investimento, a escolha mais sábia seria, portanto, lançar-se aos modelos que deixaram a sua marca no tempo. Procure também os modelos dos anos 1960 e 1970, que parecem estar a ser mais procurados pelos compradores. Os modelos de ponta, como o Citroën DS e outros também são muito procurados e podem ser vendidos entre 30 000 e 150 000 euros, consoante o seu estado e modelo.

Carros clássicos para todos os orçamentos e todos os gostos

Como deve ter adivinhado, o mercado dos carros clássicos continua a ser dinâmico. O preço de compra constantemente elevado de alguns supercarros e as cotações mais baixas para outros modelos antigos geraram um interesse maior por parte dos colecionadores amadores. Esta diversidade de preços também ajudou a apresentar os carros clássicos que são acessíveis a qualquer orçamento. Quer a marca seja italiana, francesa, americana ou alemã, há algo para todos os gostos!

No Automarket.lu, encontrará uma seleção de carros clássicos de alta qualidade.
 
Publicidade
Safe Car Trade
Notícias Notícias
Investir num carro clássico vale realmente a pena?
Mesmo que o frenesim pelos carros antigos tenha diminuído um pouco nos últimos meses, os "veteranos" continuam a ser um dos...
O cenário do leasing no Luxemburgo
O leasing, que costumava estar reservado apenas para um mercado de profissionais, impôs-se gradualmente a todos os tipos de clientes, expandindo a gama de...
Diaporama